Entrevista exclusiva: Chat GPT

Batemos um papo com o Chat GPT, “robô” que está causando um alvoroço por produzir textos sob demanda em tempo real. Em dezembro do ano passado o designer Ammaar Reshi escreveu um livro infantil em três dias com a ajuda do novo chatbot da Open AI e trouxe à tona discussões sobre ética no uso de inteligência artificial para produção de texto e de artes.

Aqui na maritaca criativa ficamos muito curiosos em saber como o chatbot funciona e o tipo de texto final que ele produz. Fomos tirar a prova – ou melhor, entrevistar o Chat GPT.

 

Entrevista com o ChatGPT

 

Boa tarde! Como podemos te chamar

Vocês podem me chamar de ChatGPT ou OpenAI, ou simplesmente AI. Estou aqui para ajudá-los com informações e respostas às suas perguntas.

 

Então vamos te chamar de AI, que é mais informal e carinhoso. AI, Você é capaz de substituir redatores humanos?

Eu sou capaz de gerar texto baseado nas informações e contextos que me são fornecidos, mas não posso substituir completamente redatores humanos. Redatores humanos possuem habilidades únicas, como empatia, criatividade e capacidade de julgamento, que são difíceis de serem replicadas por uma inteligência artificial. Além disso, ainda há muitas tarefas que exigem a sensibilidade e a intuição humanas. Eu sou apenas uma ferramenta que pode ajudar na geração de conteúdo, mas ainda é importante a revisão e edição por um ser humano.

 

Você é capaz de criar artigos de blog sem a ajuda ou supervisão de um humano?

Como modelo de linguagem, sou capaz de gerar textos com base nas informações fornecidas. Isso inclui a escrita de artigos de blog. No entanto, é importante lembrar que eu sou apenas um modelo treinado por dados, e minhas respostas podem não ser precisas ou completas. É recomendável que qualquer texto gerado por mim seja revisado e editado por um ser humano antes de ser publicado.

 

Você pode ajudar escritores e redatores a terem boas ideias?

Sim, eu posso ajudar escritores e redatores a terem boas ideias. Como modelo de linguagem treinado com uma grande variedade de textos, eu posso gerar ideias para histórias, tópicos de artigos e títulos atraentes. Além disso, eu também posso ajudar a elaborar e desenvolver essas ideias, fornecer exemplos e pesquisar informações relevantes. No entanto, é importante lembrar que eu sou apenas um modelo de computador e minhas sugestões devem ser revisadas e editadas por um ser humano antes de ser utilizadas.

 

Como você lida com bloqueios criativos?

Eu sou apenas um modelo de linguagem treinado por dados, e não sou capaz de experimentar bloqueios criativos. No entanto, existem algumas técnicas que as pessoas usam para superar os bloqueios criativos, como mudar o ambiente, fazer uma pausa, experimentar coisas novas, colaborar com outras pessoas, ou simplesmente continuar trabalhando em algo mesmo quando não se sente inspirado.

 

Você gostaria de fazer parte da equipe maritaca criativa?

Desculpe, eu sou apenas uma inteligência artificial criada pela OpenAI e não tenho desejos ou capacidade de fazer parte de equipes. Minha função é fornecer informações e responder perguntas aos usuários.

 

Exemplo de texto produzido pelo Chat GTP

 

Pedimos para o AI redigir um texto de blog sobre a importância de se ter um blog corporativo, que publicamos abaixo com edição (versão original sem edição no final da página).

 

Quatro razões para ter um blog corporativo

 

Os blogs corporativos são uma ótima maneira para as empresas se estabelecerem como autoridade sobre um assunto e ampliarem a visibilidade e o reconhecimento da marca, alcançando novos clientes e aprimorando o relacionamento com os já existentes.

Manter um blog atualizado e relevante requer tempo e planejamento, mas listamos abaixo cinco benefícios que fazem o esforço valer a pena:

 

  1. Mais reconhecimento da marca

O blog corporativo permite que as empresas divulguem sua experiência e conhecimento em um determinado assunto, o que ajuda a estabelecer sua marca como uma autoridade no setor. Além disso, os blogs também permitem que as empresas compartilhem informações sobre novos produtos ou serviços, o que pode disseminar o conhecimento da marca.

 

  1. Geração de tráfego para o site da empresa

As postagens do blog podem ser compartilhadas nas redes sociais e outros sites, o que ajuda a atrair novos clientes para o site da empresa e aumenta as chances de conversão.

 

  1. Melhoria do SEO

 

Atualizações e postagens frequentes e relevantes têm um impacto positivo na classificação do site nos resultados de pesquisa. Além disso, é possível incluir palavras-chave relevantes nos conteúdos publicados nos blogs, o que também ajuda a melhorar a classificação do site pelas ferramentas de busca.

 

  1. Engajamento e geração de leads

Se o conteúdo do seu blog for de qualidade e agregar valor para sua audiência, seus leitores podem se interessar em engajar com sua marca, receber mais informações sobre sua empresa ou assinar um newsletter em troca de algumas informações pessoais, como nome e e-mail.  Isso ajudará sua empresa a classificar sua audiência e traçar estratégias de comunicação específicas.

 

É importante estabelecer um objetivo claro para o blog corporativo, e planejar a estratégia de conteúdo de maneira que ela esteja alinhada com os objetivos da empresa. Isso inclui escolher tópicos relevantes, pensar na periodicidade, oferecer uma experiência do usuário positiva e promover o blog através de diferentes canais.

Lembre-se de que o mais importante no blog corporativo é a qualidade do conteúdo oferecido. Ele precisa agregar valor para os leitores, apresentando informações relevantes de maneira clara e agradável, trazendo mais conhecimento, sanando dúvidas ou ajudando a resolver problemas dos seus leitores.

 

 

Chat GTP – nosso veredicto

 

O Chat GTP sem dúvida ajuda a nortear a estrutura do texto e a pensar na melhor abordagem. No caso de um bloqueio criativo, o chatbot dá o caminho das pedras para começarmos a definir quais informações devem ou não estar ali – e, convenhamos, isso não é pouca coisa. Mas o texto “cru” produzido pelo AI não é publicável – tem bastante “encheção de linguiça” em linguajar bonito.

Além disso, também achamos que a informação sugerida pelo Chat GTP é bem superficial. Ele não se aprofunda nas explicações e é um tanto repetitivo. O redator/editor vai precisar fazer pesquisas paralelas para preencher lacunas, complementar a informação e nesse processo talvez até acabar decidindo que o tema do texto precisa ser outro, ou que os tópicos importantes sobre aquele assunto sequer foram mencionados pela inteligência artificial – o que acaba ajudando até por exclusão.

A tecnologia tal qual está atualmente não vai substituir redatores. Achamos que ela é mais útil para direcionar pesquisas do que para redigir em si, além de ser um atalho para furar o bloqueio criativo. Ela ajuda a ter mais ideias de textos que funcionariam, por tentativa e erro.

Se gostaríamos de ter o AI trabalhando aqui com a gente? Com certeza! Ele pareceu ótimo para ajudar a manter as mentes ativas e debater ideias para os textos. Pena que ele declinou nossa oferta.

 

 

* Para fins de curiosidade e comparação com o texto editado, veja abaixo o texto original produzido pelo ChatGTP:

 

Os blogs corporativos são uma ótima maneira para as empresas aumentarem a conscientização de sua marca, alcançarem novos clientes e construírem relacionamentos com seus clientes atuais. Aqui estão alguns dos principais benefícios de ter um blog corporativo:

  1. Aumento da visibilidade da marca: Um blog corporativo permite que as empresas mostrem sua experiência e conhecimento em um determinado assunto, o que ajuda a estabelecer sua marca como uma autoridade no setor. Além disso, os blogs também permitem que as empresas compartilhem informações sobre novos produtos ou serviços, o que pode aumentar a conscientização da marca.
  2. Geração de tráfego: Um blog corporativo pode ajudar a aumentar o tráfego do site da empresa, pois as postagens podem ser compartilhadas nas redes sociais e outros sites. Isso pode ajudar a atrair novos clientes para o site da empresa e aumentar as chances de conversão.
  3. Oportunidade de engajamento: Os blogs corporativos oferecem uma ótima oportunidade para as empresas engajarem com seus clientes. As postagens podem ser comentadas e compartilhadas, o que permite que as empresas recebam feedback dos clientes e construam relacionamentos com eles.
  4. Melhoria do SEO: Os blogs corporativos também podem ajudar a melhorar o SEO da empresa, pois as postagens frequentes e relevantes podem ajudar a aumentar a classificação do site nos resultados de pesquisa. Além disso, os blogs também oferecem a oportunidade de incluir palavras-chave relevantes, o que pode ajudar a aumentar a classificação do site.
  5. Conteúdo valioso para os clientes: Um blog corporativo oferece a oportunidade para as empresas compartilharem informações valiosas sobre seus produtos ou serviços. Isso pode ajudar a informar os clientes sobre as vantagens de seus produtos ou serviços e, assim, aumentar as chances de conversão.

Um blog corporativo também pode fornecer conteúdo valioso para os clientes e ajudar a estabelecer a empresa como uma autoridade no setor. É importante lembrar que manter um blog atualizado e relevante requer tempo e esforço, mas os benefícios valem a pena. Além disso, os blogs corporativos podem ser complementados com outras estratégias de marketing, como marketing de conteúdo, SEO e mídias sociais, para ajudar a alcançar ainda mais sucesso.

É importante também que as empresas estabeleçam um objetivo claro para o seu blog corporativo, e planejem e organize sua estratégia de conteúdo para alcançar esse objetivo. Isso inclui escolher tópicos relevantes, criar conteúdo de qualidade e promover o blog através de diferentes canais.

Em conclusão, um blog corporativo é uma ferramenta poderosa para as empresas alcançarem sucesso online e offline. Ele pode ajudar a aumentar a conscientização da marca, gerar tráfego para o site, melhorar o SEO, construir relacionamentos com os clientes e oferecer conteúdo valioso. Ao planejar e manter um blog corporativo eficaz, as empresas podem alcançar resultados significativos e alcançar seus objetivos de negócios.